segunda-feira, 22 de janeiro de 2007

Estou cansado...


Porque será que dizes isso?

Porque será que fazes isso?

Na verdade, estas duas questões acompanham-me tantas vezes, principalmente quando olhos e vejo as reacções dos outros ou quando leio o que escrevem. E muitas vezes não percebo...
Custa-me ver tantos corações entulhados de coisas e coisinhas, de palavras vazias, de sentimentos mesquinhos, de razões e argumentos que desaparecem em segundos... Custa-me!

Custa-me perceber que a luta pela construção da chamada "civilização do Amor" ou a do "Homem-novo", tenha sido lançada, que se tenha iniciado este projecto e agora se tenha deixado a meio... e afinal de quem é a culpa?

Do outro?
De mim?
De ti?

Não, a culpa não é só do outro, a culpa tem sempre dois culpados... Eu e o outro!

Sim, sou culpado quando critico, mas não lhe digo...

Sim, sou culpado quando me sento à espera do seu erro ou do seu momento menos feliz...

Sim, sou culpado quando me julgo ser detentor da verdade absoluta e não dou espaço para o ouvir...

Sim, sou culpado quando faço as coisas com outra intenção, que não o amor ou o crescimento de ambos...

Sim, sou culpado quando amo de boca e não com o coração...

Sim, sou culpado quando penso que só por fazer algumas coisas ou estar nalguns projectos, já não tenho que fazer mais nada, o outro se quiser que faça...

Sim, também sou culpado...

Confesso que estou cansado...
Confesso que aquilo que melhor define este meu sentimento é um slogan muito conhecido por todos...
"Falam, falam, falam... Mas eu não os vejo a fazer nada..."

Basta!
Basta de se fazer tanto "alarido"!
Basta de se olhar para aquilo que o outro fez ou não fez.
Basta de se reparar naquilo que o outro disse.
Basta de se olhar para aquilo que o outro deu.
Basta!

Sejamos pessoas crescidas, mas acima de tudo sejamos cristãos conscientes e responsáveis. Olhemos para o J.C., que foi acusado injustamente; negado pelo amigo; e o que disse Ele? Nada, calou-se e amou... Amou até ao limite e como isso não era suficiente ainda perdoou...

O que afasta o Mundo da Igreja, não é a veracidade ou tempo que têm o velho ou novo testamento.
O que afasta o Mundo da Igreja, é o exemplo daqueles que se dizem cristãos. Sim, é o meu, o teu, o nosso exemplo é que afasta o Mundo do sonho de Deus...

Se pensares bem, Deus deu-nos dois olhos, dois ouvidos, dois braços e duas pernas, porém só nos deu uma boca...Porque será?

Talvez seja a mensagem clara que devemos falar menos, observar mais, ouvir mais e servir mais...

Pensa nisso...

Uma braçada amiga

8 comentários:

Anónimo disse...

olá pinguim!!!
Pois olha:
JE SUIS TRÉS FATIGUÉ PARCE QUE... agora o resto em português:-
Estou cansada de esperar sempre o melhor das pessoas e elas continuarem a desiludir-me over and over again.
Estou cansada desta vida de merda, e não tenho vontade neste momento de lhe fazer frente!!
Pode ser que amanha o dia seja diferente;
pode ser que amanha ninguem me desiluda;
pode ser que amanha acorde com força para vencer esta merda de vida que teima em fazer-me frente...
Pode ser que...
Afinal não é a vida feita de pode ser que, se, talvez....
Beijos da lili

D'Aquela! disse...

Somos dois a sentir-nos verdadeiramente cansados!Partilho contigo o teu cansaço!Quando é que decidimos subir o próximo degrau e deixar de esperar que os outros falhem para que todos possam criticar?Quando?Chego a pensar que é nunca...mas,tal como me ensinaste:não vou desistir...Temos de revelar ao mundo que vive este pseudo-sonho de Deus que as segundas oportunidades existem e que são para serem dadas!
Temos de começar a viver este Sonho de Deus não com o objectivo de o destruir mas de o construir...de mãos dadas!
Um beijinho da 'mais pequenina'=)

GTL disse...

não gosto de me sentir cansada, muito menos das pessoas

beijos
MDB

nMAC disse...

Custa, por vezes, que este sentimento nos acompanhe quase diariamente. O cansaço (literal) das pessoas é algo que desgasta imenso qualquer um...

Talvez seja por isso que hoje em dia quando um cai, caem também os que o apoiam. Mas é preciso também que os que se levantam, ajudem os que o envolvem a levantar também!

Deixo-te uma questão. Ajudas-me (ou queres que te ajude) a levantar e seguir caminho?

Abraço amigo, :)

Pinguim Alegre disse...

Cara lili a vida é feita de escolhas, de altos e baixos.
Penso que se estás num momento baixo, rápidamente o vais deixar.

Uma braçada amiga

Pinguim Alegre disse...

Querida d'aquela, se dessemos as mãos em vez de termos vergonha ou medo de quem está ao nosso lado... era tão mais fácil...

Uma braçada amiga

Pinguim Alegre disse...

Cara MDB, também não gosto pois acredito sempre nas pessoas, e nas suas capacidades... Mas a vdd é que as pessoas me cansam...

Uma braçada amiga

Pinguim Alegre disse...

Querido Nmac, o problema não é cair ou levantar-se, o problema é limitar o sonho, e o choro constante... é isso que me cansa!
Mas juntos seremos mais fortes!

Uma braçada amiga

"Podemos converter alguém pelo que fazemos nunca pelo que escrevemos."

H.P.