terça-feira, 26 de junho de 2007

O tempo...


É este amigo silencioso,
Que me relembra
que tenho um prazo de validade.
Que pauta a minha vida
com o seu tic-tac;
Que me pede que seja radical.
Que tenha sempre disponibilidade,
para aqueles que amo
e que me amam.
Que me grita:
"Mais vale um simples segundo...
do que nada!"

O tempo...
É este fiel e intransigente amigo,
que me desafia sempre
a olhar para a vida,
como algo que deve ser vivida
e não recordada ou lamentada.
Que me sussurra:
"A vida não vai parar...",
quando tudo à minha volta
não faz sentido ou se desmoronou.

O tempo...
De quem perco a noção,
quando estou feliz.
Mas que perpétua e torna
a minha dor mais agonizante
a cada segundo que passa lentamente...

O tempo...
É este senhor, que é eterno e irrepetível...
Que nos dá a liberdade de optar
mas sem termos a possibilidade
de recuarmos ou duvidarmos...

O tempo...

H.P.

Uma braçada amiga

6 comentários:

um pouco de... disse...

muito bom, como já é hábito....
a questão que se levanta é mas afinal o que é o tempo....

Pinguim Alegre disse...

Um pouco de... O tempo é aquilo que tu fazes dele...

mulher do torero disse...

O tempo, tão precioso como a própria vida. O que é a vida sem o tempo, podemos ter uma vida muito rica e sentirmos realizados, mas não termos tempo para a continuar ou simplesmente não termos uma vida que faça sentido continuar.
Um paradoxo que muita gente se depara e não sabe o que escolher.
Muitas vezes tenho este sentimento que me preenche de muitas dúvidas se realmente o tempo é assim tão importante.

Pinguim Alegre disse...

Mulher do torero, é preciso muitas vezes parar e perceber o que é mais importante, se termos tempo para continuar a ter uma vida rica ou viver uma vida sem sentido.

Bjs

moonlight73 disse...

Seguramente, uma das melhores definições do tempo...
bj

Pinguim Alegre disse...

Moonlight73 ainda bem que gostaste.

bjs

"Podemos converter alguém pelo que fazemos nunca pelo que escrevemos."

H.P.