terça-feira, 30 de dezembro de 2008

Nem te quero ver...


Não, não vou começar pelo tradicional “Querido pai natal”, porque estou deverás chateado contigo.
Não consigo perceber velhote, porque não me trouxeste o ÚNICO presente que te pedi, porque afinal não era uma lista infindável; não era um presente muito grande e pesado; não era uma trocada ("tu dás um presente e eu porto-me bem"); não era algo que não conseguisses encontrar numa Fnac ou até na loja do chinês aqui da minha zona.
Não era nada disso velhote!
Fizeste birra, foi?
Mas deixa-te andar, porque a crise também te vai bater à porta…
E eu hei-de te ver a cantar ao lado da Popota, ou pior em vez de ser o Figo a vender cd’s para ajudar as criancinhas, vai ser para ajudar o velhinho…
E depois eu também faço birrinha!
Vou ver se depois gostas…

Pensa bem no que fizeste velhote…

Até ao Natal de 2009!

4 comentários:

Eu disse...

AI AI...

O pai natal ainda fica zangado contigo... e depois nem para o ano te traz o presente...

AI AI...

Beijo grande!

Fa menor disse...

Neste Novo Ano:
"O Senhor te abençoe e te proteja.
O Senhor faça brilhar sobre ti a sua face
e te seja favorável. e te conceda a paz".

Bom Ano!

Beijinhos

Pinguim Alegre disse...

Querida Anónima,

eu é que estou chateado com ele!

:)

bjs

Pinguim Alegre disse...

Querida fá menor,

um excelente ano também para ti e para todos os teus!

Bjs grandes

"Podemos converter alguém pelo que fazemos nunca pelo que escrevemos."

H.P.