terça-feira, 31 de março de 2009

E talvez um dia aconteça...


É de todos,
Aquele que mais "bloqueia"
A nossa Felicidade.
É aquele que nos acompanha
Em todas fases da nossa existência.

Medo de não ser feliz;
Medo de não passar de ano;
Medo de desiludir os nossos pais;
Medo de não ser capaz;
Medo de ficar sozinho;
Medo de amar;
Medo de morrer;
Medo...
E mais medo.

E a vida vai passando,
E nós nem nos apercebemos
Que o nosso tempo,
Não foi pautado pela Felicidade.
Mas sim pelo MEDO.

Porém,
É preciso compreender e sentir,
Que viver é acima de tudo arriscar!

Arriscar a ser feliz!
Arriscar em tornar os sonhos em realidade!
Arriscar a viver cada dia como "se fosse o nosso primeiro dia e o nosso último dia".
Arriscar a viver cada momento numa entrega total e gratuita.
Arriscar;
Sem medo,
Sem condições,
Sem dúvidas.

Apenas arriscar porque se quer e se deseja ser verdadeiramente FELIZ!

E talvez um dia aconteça...

Só depende de nós...

Uma braçada amiga

2 comentários:

Fa menor disse...

O medo é nosso grande inimigo.
Devemos ser prudentes, mas não deixar que o medo tome conta de nós.
Afinal, se Deus está connosco que tememos?
Bora lá ser Feliz todos os dias sem o medo que tolhe!

Bjs

Pinguim Alegre disse...

Querida amiga,

"Não tenhais medo..."

:D

Um beijo grande

"Podemos converter alguém pelo que fazemos nunca pelo que escrevemos."

H.P.