terça-feira, 21 de abril de 2009

Marcas d'água


Existem dias que custam mais a passar que outros;
Existem momentos que duram mais que outros;
Mas existe sempre um momento em que a solidão é maior do que qualquer dor.
Pois quando se vive um bom ou um mau momento, é que te apercebes que por mais amigos e falo de bons amigos, que se possa ter, não existe aquela pessoa…
Aquela pessoa, que faz todo o teu mundo ter sentido;
Aquela pessoa, que nos segura a mão e nos segreda “eu estou contigo!”;
Aquela pessoa, que nos sustenta num abraço e nos preenche num olhar;
Aquela pessoa, que nos marca de uma forma tão única e séria, que mesmo com o passar do tempo, a sua marca em nós, perdura;
E por isso, sentir saudades, não é forçosamente olhar só para trás, é antes reconhecer que a marca daquela pessoa é especial. É olhar para esta marca e reconhecer que só o Amor de verdade pode fazer algo tão belo, tão único, tão intemporal.
E sentir a solidão não é mais do que dar valor ao que se viveu e cresceu. Sabendo e reconhecendo que muitas pessoas passaram e irão passar na nossa vida, mas poucas tiveram ou terão o direito de nos gravar no peito esta marca intemporal, que o mundo o não vê mas que existem bem no centro do nosso Eu.


Uma braçada amiga

5 comentários:

acatarcomestimaoinsulto disse...

Percebo perfeitamente:)

qt à solidão, pode ser boa se for uma opção. Se for uma inevitabilidade, nem por isso.

Anónimo disse...

Olá Pinguim

É verdade, as vezes olhamos para o lado e apesar dos amigos falta aquela pessoa...

Beijos

Simone

Pinguim Alegre disse...

Carissimo acatar,

a solidão será sempre boa, se souberes aproveitar e escutares o que ela tem para te dizer. :)

Um abraço

Pinguim Alegre disse...

Carissima Simone,

mas não podemos cair no erro de escolher qualquer pessoa para ocupar esse lugar, porque podemos ficar piores do que estavámos.
Tem de ser especial!

Um beijo

Anónimo disse...

Ola Pinguim,
Desculpa, mas não concordo contigo.
Pode ser qualquer pessoa sim, porque nos é que a vamos tornar especial...
Basta querer-mos e lutar para que isso aconteça.

Beijo

Simone

"Podemos converter alguém pelo que fazemos nunca pelo que escrevemos."

H.P.