segunda-feira, 15 de junho de 2009

Preso a ti...


Sento-me onde tudo faz sentido,
E descanso onde nada está perdido.

Porque te sinto em mim,
Mais do que podia ou devia.

E levo-te para onde queria,
Sem perceber que era a saudade que vinha.

E é carregando-te cá dentro,
Que o meu tempo fica preenchido.

Porque a dureza da certeza do amanhã,
É o que me faz viver ou sobreviver tantas vezes.

Porque não duvido do que senti,
Porque aceito o que sinto.

Mesmo que tantas vezes fique o vazio,
Deste sentimento por ti.

E é neste pensamento que me foge,
Que eu me encontro preso e suspenso a ti.

Uma braçada amiga

7 comentários:

Dri Viaro disse...

Passo pra conhecer seu blog, e desejar boa semana

bjsss

aguardo sua visita :D

Rafeiro Perfumado disse...

Ficar preso não é bom, caro Pinguim, nem a nada nem a ninguém, prefiro pensar que caminhamos na mesma direcção, de comum acordo.

Abraço.

Anónimo disse...

Preso?
Se te sentes preso a algo ou alguem, não fiques quieto... vai a luta... segue em frente...

Pinguim Alegre disse...

Dri Viaro,

agradeço a sua visita e espero encontra-la mais vezes por aqui.

:)

bj

Pinguim Alegre disse...

Carissimo Rafeiro,

percebo perfeitamente o que queres dizer. Mas às vezes partir custa...

Um abraço

Pinguim Alegre disse...

Anónimo,

Não se trata de ir à lutar, é mto mais do que isso. É voltar a fazer caminho com alguem que já caminhou de mão dada connosco e com quem já temos uma história...

è muito mais do que uma simples luta...

Uma braçada amiga

Anónimo disse...

Pinguim,
Sendo assim então volta a fazer o mesmo caminho...
E mais uma vez digo luta por essa historia e segue o tal caminho...

"Podemos converter alguém pelo que fazemos nunca pelo que escrevemos."

H.P.