segunda-feira, 18 de julho de 2011

Apenas...

Amei-te
mas do que sabia e do que podia.
Dei-te
tudo o que tinha e possuía.

Contigo
voltei a ter sonhos que pensei ter enterrado.
Contigo
redescobri as cores do arco-íris.

E hoje passado 13 meses, existe apenas vazio.

Não me dói a tua partida.
Não me custa a tua despedida.

Mas revolta-me a tua indiferença...

1 comentário:

Lisbo@ disse...

Estás de volta! :)

Já sentia a tua falta por estas bandas!

beijinhos *

"Podemos converter alguém pelo que fazemos nunca pelo que escrevemos."

H.P.