terça-feira, 5 de junho de 2007

Que estranho mundo este em que vivemos...

Que estranho mundo este em que vivemos...

As pessoas vivem ao ritmo do tic-tac dos relógios, deixaram que as suas vidas ficassem contidas entre dois ponteiros e vincada numa simples folha de papel de uma agenda...
Os bens passaram a ser algo que não as torna mais felizes, mas sim, algo que serve de "montra" para que todos vejam o status social.
As crianças, já não são o melhor do mundo, mas passaram a ser um peso no orçamento, uma vez que elas colocam em causa o tal status...
Na verdade, quando paro e penso, várias perguntas surgem na minha cabeça...

- Como podemos nós, oferecer aos outros aquilo que nós não temos?
- Como podemos ser aquilo que afinal não somos?
- Como podemos dar partilhar algo com alguém que não brota do nosso coração?
- Como podemos estender uma mão ao nosso amigo, se nem tempo temos para o ouvir?
- Como podemos desejar a paz para o Mundo, quando é dentro de nós que existe a maior guerra?
- Como é possível?


Que Mundo estranho este em que vivemos... Ou deverei dizer antes, que pessoas estranhas?

Acreditamos em Algo e tantas vezes praticamos o oposto...
Desejamos algo e oferecemos o oposto...
Queremos o bem de todos, mas o que fazemos para esse bem universal?

Penso que é tempo de percebermos que as nossas diferenças, podem convergir e não divergir. É tempo de unir, de abraçar, de amar, de lutar juntos por um Mundo melhor.
É tempo de percebermos que "Somos UM"!

Uma braçada amiga

6 comentários:

Sandra disse...

:))

paras te na idade dos pk's foi??

ó inda num sabes q num há respostas pás tuas preguntas?? por mais q neguem, vivemos num mundo eguista pinguim dazul, em q a prioridade é o próprio umbigo.

somos um?? pinguin blogueiros blogueiros mas c clubes áparte óbis te?? axas q me torno UMA cum gajo ké malfikista?? pracasuuuuuuuuuuuuuuuuuu

xinhuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuus pa tu da lua

Rafeiro Perfumado disse...

É impressão minha ou chamaste-me de "pessoa estranha"? Queres apanhar, é?

Pinguim Alegre disse...

Bom dia, meus amigos!
Oh sandra, não sai nem vou sair da idade dos porquês...
Porquê?
Na verdade eu nao tenho a minima vontade de ser um com uma tripeira.


Oh meu amigo rafeiro, mas tu és estranho à muito tempo... LOlada, desde do dia em que a tua doce mae soube que estava grávida de um menino...

Sandra disse...

(ó raf eu cá axo keste pinguim de meia tijela tá necessitado dum enxerto de porrada)

Rafeiro Perfumado disse...

Vamos nessa, Sandra, eu seguro e tu espancas! ;)

Pinguim Alegre disse...

Olhem estes dois...

"Podemos converter alguém pelo que fazemos nunca pelo que escrevemos."

H.P.