domingo, 27 de janeiro de 2008

Um dia... avó!



Passaram os anos...
Mas tu ficaste sempre do mesmo jeito.
Nesse teu jeito de mulher de fisionomia fraca,
mas de uma bondade e de generosidade fortissima.

Ontem, recordei-me
Das tardes em que me esperavas à beira do rio...
Das manhãs que me ensinaste a rezar o terço...
Das noites que partilhavamos a broa quente...

O teu olho azul,
ficará para sempre guardado no meu peito.
O teu jeito simples,
ficará para sempre preso na minha memória.
O teu sorriso,
ficará para sempre vivo dentro do meu ser.
A tua maneira,
De contar a minha falta de jeito para apanhar lenha,
ficará para sempre guardado no meu coração.

Porque ainda recordo
Os nossos últimos momentos juntos,
Onde rimos juntos;
Onde trocamos juras de presença;

Mas...

Tu partiste dessa forma
Simples e silenciosa...
Mas...

Um dia...
Juntos, de braços dados,
voltaremos a rezar o terço.
Um dia... avó!
Uma braçada amiga

5 comentários:

D'Aquela! disse...

Um dia...juntos recordaremos as lágrimas derramdas na tarde em que a ausência fisica desespera, em que o silêncio grita num coração mudo que já não arrisca sonhar. Um desespero das mãos que não mais se tocam, dos sorrisos que não mais se partilham...
Um dia, juntos de novo, ensinar-nos-á tudo aquilo que não fomos capazes de aprender consigo...E se de pouco for que aprendamos a viver desse jeito modesto, de quem não precisa de muito para ser feliz.
Enquanto isso pergunto-me o que se sente nestes momentos?!
Enquanto isso...dói.=(*

Lisbo@ disse...

Meu querido... a unica coisa que posso fazer é estar ao teu lado nesta altura tao dificil. E como me ensinaste e decerto me dirias... lembra-te dos bons momentos, assim como o estás a fazer Pinguim. Um beijo

Gente comum disse...

Quando estiveres a rezar o Terço não estarás sozinho, pois a tua Avó está, junto de Nossa Senhora, junto de Deus, a rezar contigo.
E, daqui, rezo contigo.
Um beijo grande,

Aninhas

Pinguim Alegre disse...

A todos os que aqui deixaram uma msg de apoio, o meu sincero e profundo obrigado!

Fa menor disse...

Ela estará sempre contigo. Sempre que te recordares dela, ela estará contigo. Dentro do teu coraçãozinho de oiro!

Bjs

"Podemos converter alguém pelo que fazemos nunca pelo que escrevemos."

H.P.