quinta-feira, 17 de abril de 2008

Nas coisas do Mundo...


Vivemos num Mundo,
onde as vozes que se escutam,
são mais que muitas...
Onde o vazio de afecto,
é constante...
E onde a frieza da indiferença,
é quase palpável.

Vivemos num Mundo,
onde todos procuram o AMOR,
e onde ninguém tem tempo para ele...
Onde o parecer
é superior ao ter...
Onde a ganância e ambição desmedida,
são sentimentos nobres.

Vivemos num Mundo,
onde apenas só se pode confiar
no próprio...
Onde o facilitismo e o comodismo
são imperadores.
Onde qualquer sinal de dor, de solidão, de mágoa,
terão que ser rapidamente ultrapassados...

Vivemos num Mundo,
onde o sonho,
deixou há muito de comandar a vida...
Onde o sorriso,
deixou de ser espontâneo e passou a ser mera cortesia...
Onde uma lágrima,
deixou de ser sinal de sensibilidade e passou a ser um sinal de fraqueza...

Vivemos num Mundo,
que não tem tempo nem espaço
para que cada um de nós possa fazer o seu caminho.
Para que cada um,
possa tomar as suas decisões livremente.
Sem medos...
Sem preconceitos...
Sem pressas...
Sem salvaguardas...
Se não apenas esta certeza “NASCI PARA SER FELIZ!”


E esta felicidade está bem dentro de nós e não no Mundo ou nas coisas do Mundo...

Uma braçada amiga

6 comentários:

Sandra disse...

:))

ataum butes fazer a diferença :))

xinhuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuus pa tu da lua

Gente comum disse...

Mas Alguém escuta... sempre!
Alguém ama... sempre, incondicionalmente!
E Alguém sofre porque tem um Caminho que tantas e tantas vezes não é percorrido...
É que esse Caminho leva à paz, à felicidade...

Confia... entrega...

Um beijo

Fa menor disse...

E como estás certo, amiguito!

Bjs

Pinguim Alegre disse...

Ola sandra,

butes lá a isso! :)

bjs grandes

Pinguim Alegre disse...

Olá gente comum,

Viver é confiar! ;)

bjs grandes

Pinguim Alegre disse...

Olá fá menor,

Obrigado! :)

bjs grandes

"Podemos converter alguém pelo que fazemos nunca pelo que escrevemos."

H.P.