quinta-feira, 22 de maio de 2008

"O medo faz-nos sós..."


Tento...

tento fugir de ti...
tento esconder-me...
tento abafar as palavras...
tento restringir os gestos...
tento...

Mas não consigo.
Porque basta olhar para o lado
e sinto a tua presença.
Porque basta olhar para o meu ser e vejo o teu...
Porque basta ouvir o eco da minha voz,
para perceber que nela está a tua!

Bem que tento...
Mas existe algo dentro de mim que me agarra;
que me prende a ti, a este momento...
É como se de repente a vida me voltasse a dar,
a possibilidade de sorrir...
Me quisesse oferecer tudo aquilo que procurei,
tudo aquilo que sempre sonhei...
Mas que com o passar dos tempos,
se foi calando dentro de mim...

E hoje?

Hoje, tenho medo...
Medo de aceitar...
Medo de arriscar...
Medo de sonhar...


Uma braçada amiga

4 comentários:

Fa menor disse...

Pois...
Acredito que o medo nos faz sós...
Mas às vezes tem que se ponderar bem, não é?

Bom fim de semana
Beijinho

Gente comum disse...

mesmo assim, aceita, arrisca, sonha... confia!
porque...

"...sei que és o meu melhor Amigo
e levo-Te dentro do meu ser.
Onde quer que eu vá,
Tu vais comigo..."


Beijo grande

Pinguim Alegre disse...

Querida fá-,

A vida é feita de escolhas...
E cada uma exige apenas o melhor de nós, nem mais nem menos, apenas o nosso melhor!

Obrigado

Beijos

Pinguim Alegre disse...

Querida aninhas,

já confiei. :)

Gostei muito de ler a tua entrevista.

Beijos grandes

"Podemos converter alguém pelo que fazemos nunca pelo que escrevemos."

H.P.